2010-05-05

a vida o tempo o espaço


a vida o tempo o espaço
vão ao ritmo de um minuto
a cada vez que deixo os segundos
distraídos a juntarem-se

às vezes suspendo o pêndulo
e fico a ver o tempo parado
um fôlego um suspiro o gesto
o olhar a surpresa de sentir

depois o tempo continua
aparente o mesmo diferente

tudo é como fazemos
tudo passa por nós
o eu o centro de ti
o eu que é em si

Pedro

2 comments:

Ana Campos said...

Palavras bonitas para acalmarem o meu coração de dragão.
Obrigada

Blondewithaphd said...

Muito bom (mesmo).